sábado, 3 de janeiro de 2015

JESUS NÃO ERA CARPINTEIRO !

Segundo o PORTAL METODISTA:

 Séforis, em hebraico zippori, é um sítio arqueológico preservado hoje como Parque Nacional de Israel. Está localizado na Baixa Galiléia a uns 6 km a noroeste de Nazaré.

O nome, Séforis, significa “pássaro”. Seguramente recebeu este nome porque era uma cidade situada sobre a colina na forma de um pássaro. Foi no início do período romano que Séforis chegou ser uma cidade importante na Baixa Galiléia. Herodes Antipas herdou o território da Galiléia e da Peréia do seu pai, Herodes o Grande, e depois da destruição de Séforis em 4 a.C. começou imediatamente a reconstruir a cidade. Ela foi a sede do seu governo até que foi construída a cidade de Tiberíades.

Segundo Josefo, Séforis era “o ornamento de toda Galiléia” (Antigüidades 18.2.1) e “a cidade mais forte da Galiléia” (Guerra 2.18.11). Na cidade tinha um teatro para 4.500 pessoas e um palácio.


A aldeia de Nazaré que provavelmente contava com menos de 500 pessoas no início do século 1 d.C. estava a menos de 6 quilômetros de Séforis. Jesus e o seu pai eram artesãos de construção (“tekton”) e que provavelmente participaram na reconstrução de Séforis pelo Herodes Antipas.

Portanto, a idéia de Jesus como um carpinteiro, trabalhando somente em madeira, pode estar ERRADA. 

Jesus como pedreiro ou artesão, carregando pedras, batendo argamassa, etc, pode parecer muito estranha para a maioria das pessoas. Mas pode estar correta.

O que a Bíblia diz sobre isso ? Vamos ao profeta messiânico, Isaías: 

Ele cresceu diante dele como um broto tenro, e como uma raiz saída de uma terra seca. Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos. Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima. Isaías 53:2-3. 

As pessoas sempre aplicam este texto no sentido espiritual. Mas e quanto ao sentido material ? A mim, parece perfeitamente plausível, principalmente por que a Bíblia nos assevera que em tudo Jesus foi semelhante aos irmãos.

O que um judeu daquela época, de procedência humilde, faria para se manter honestamente ? trabalharia, é claro ! E Jesus e sua família iriam deixar uma oportunidade de trabalho a apenas 6 quilômetros de distância ? penso que não.

Aqui também há uma aplicação espiritual.

É comum ouvirmos pessoas rejeitando o convite para virem a Cristo dizendo que eles não são como madeira torta que o "Carpinteiro de Nazaré" poderia consertar, e sim, são como pedra, que não tem mais jeito. Bem, para esses, o "tekton" de Nazaré é a solução ! 

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Apesar de tudo, FELIZ NATAL BRASIL !




(Artigo publicado originalmente no “Mensageiro da Paz” de Dezembro de 1993. Autor: Pr. Claudionor Correa de Andrade, escritor dos livros "Há esperança para os homossexuais", "As verdades centrais da fé cristã", "Dicionário de profecia bíblica",' "Fundamentos bíblicos de um autêntico avivamento", "Merecem confiança as profecias ?", entre outros).
Querido Jesus,

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

ÉTICA PARA QUÊ ?

Temos a cultura no meio evangélico de que TUDO TEM QUE SER ÉTICO.

Não se pode apontar coisas erradas. Não se pode mostrar que fulaninho é um mau obreiro ou pregador.


Temos que nos livrar desta FALSA ÉTICA.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

PAIS, CUIDADO COM OS TIGRES !



- Uma notícia que causou sensação no começo do mês foi o ataque sofrido por um menino de 11 anos no zoológico de Cascavel (oeste do Paraná). 
Após ser atacado por um tigre,

quinta-feira, 26 de junho de 2014

CONSTANTINO, UMA VIDA

O ano é 312. Nos oito anos anteriores, a Igreja Cristã sofreu uma das maiores perseguições de sua história, com milhares de mortes. Mas nesse ano algo incrível acontece: o imperador Constantino converte-se à fé perseguida, a qual era abraçada por, no máximo, dez por cento de uma população de cerca de 70 milhões de pessoas, que abrangia o Império Romano daquela época.

Calculista cínico ? Supersticioso ferrenho ? Ou homem de larga visão ? Teria sido o simples interesse egoísta que levou Constantino a realizar tudo o que começou naquele ano ? Se foi, temos que admirar sua coragem !

quarta-feira, 7 de maio de 2014

YESHUA PRÁ QUÊ ?

Uma novidade recente é que alguns cristãos passaram a se referir ao Salvador pelo nome Yehoshua (ou sua abreviação Yeshua), em vez de JESUS.
 

O que se pode dizer sobre isso ?




segunda-feira, 7 de abril de 2014

FAZER O BEM, MAS OLHAR A QUEM !

Se alguma mulher crente tem viúvas em sua família, deve ajudá-las. Não seja a igreja sobrecarregada com elas, a fim de que as viúvas realmente necessitadas sejam auxiliadas. (1 Tm 5.16).
Essa instrução de Paulo a seu discípulo (e pastor) Timóteo nos lembra que o auxílio aos necessitados deve obedecer a certos critérios.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

TODOS SERÃO SALVOS ?

Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade. 1 Timóteo 2:3-4
Sobre essa passagem bíblica, pode-se construir um perigoso sofisma:
Premissa 1 – Deus quer que todos se salvem
Premissa 2 – Os planos de Deus não são frustrados, Ele faz o que quer (Isaías 46.10; Jó 23.13)

quarta-feira, 2 de abril de 2014

QUANDO O OBREIRO É RÉU

Não aceite acusação contra um presbítero, se não for apoiada por duas ou três testemunhas. 
Os que pecarem deverão ser repreendidos em público, para que os demais também temam. (1ª Timóteo, 5.19-20)

quinta-feira, 27 de março de 2014

CLONAGEM DE IGREJAS

 Chamou-me a atenção no site SEMENTE DA FÉ artigo referente à chamada CLONAGEM DE IGREJAS.
Nada mais é do que a utilização indevida de marcas tradicionais no meio protestante (evangélico). 

quarta-feira, 26 de março de 2014

REFLEXOS DA AUTORIDADE PASTORAL

A autoridade pastoral é uma arma poderosa, porém às vezes, é mal utilizada no trato com as ovelhas.
Existem obreiros que são autoritários demais.


sexta-feira, 24 de janeiro de 2014


   A morte de um adolescente no distante Quirguistão, vitimado pela PESTE BUBÔNICA (noticiado na revista AVENTURAS NA HISTÓRIA, ED. ABRIL, ED. 123, OUT/2013), serviu para lembrar ao mundo que essa doença não é apenas